3 Anos - Educação Financeira para Todos

Trocando em Miúdo: Aprenda a se defender da venda casada

Entrevista concedida pelo professor Lélio Braga Calhau, do site Educação Financeira para Todos,  para a  Rádio Nacional do Amazonas (EBC), onde alerto os consumidores sobre a prática ilegal da venda casada.

Segundo o IDEC, ao comprar um medicamento ou qualquer outro produto, o consumidor não é obrigado a levar outro produto que não necessite, seja outro medicamento, artigo de perfumaria ou higiene pessoal. Além disso, o fornecedor não pode impor ao consumidor uma quantia mínima do produto ou serviço a ser adquirido. Essa vinculação obrigatória ou imposição à limites quantitativos se chama venda casada e o comerciante que adotar essa prática estará realizando uma prática abusiva, vedada pelo artigo 39, I, do Código de Defesa do Consumidor. A venda casada é considerada um crime contra a ordem econômica e contra as relações de consumo. Não aceite essa imposição. Fale com o gerente do estabelecimento e, se ainda assim for negada a venda do medicamento de sua necessidade, denuncie aos órgãos de defesa do consumidor.

Defenda seu patrimônio! Junte as provas e denuncie a prática de venda casada na promotoria de justiça do consumidor de sua comarca.