Tesouro Direto: o que é, minhas impressões e não precisa pagar para aprender.

Tesouro Direto: o que é, minhas impressões e não precisa pagar para aprender.

Tesouro Direto

Direto de Los Angeles (EUA) – Lélio Braga Calhau, do site Educação Financeira para Todos, fala da sua visão sobre o TESOURO DIRETO, que está se tornando o novo “produto da moda” entre os investidores brasileiros.

O que o Tesouro Direto é

O Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional desenvolvido em parceria com a BMF&F Bovespa para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet.

Concebido em 2002, esse Programa surgiu com o objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos, ao permitir aplicações com apenas R$ 30,00.

Antes do Tesouro Direto, o investimento em títulos públicos por pessoas físicas era possível somente indiretamente.

Isso era feito por meio de fundos de renda fixa que, por cobrarem elevadas taxas de administração, especialmente em aplicações de baixo valor, reduziam a atratividade desse tipo de investimento.

Ele contribuiu para a diversificação e complementação das alternativas de investimento disponíveis no mercado.

Isso ocorre por ele oferecer títulos com diferentes tipos de rentabilidade (prefixada, ligada à variação da inflação ou à variação da taxa de juros básica da economia – Selic), de prazos de vencimento e de fluxos de remuneração.

Com tantas opções, fica fácil achar um título indicado para a sua necessidade.

Não entre na onda de produto da moda

Lélio lembra da importância das pessoas estudarem bastante os investimentos e evitarem “girar patrimônio”, pagando caras despesas e corretagens, em busca do “investimento da moda”.

Você pode aprender tudo que precisa, gratuitamente, no site do Tesouro Nacional.

Ele é muito completo.

Compensa dedicar seu estudo a esse site.

Caso queira fazer um curso, para aprender mais rápido, analise retorno efetivo dos cursos.

Ele acredita na importância do Tesouro Direto para o consumidor.

E recomenda um estudo sério por parte das pessoas, com o objetivo de se evitar expectativas irrealizáveis com esse produto.

Fonte: site do Tesouro Direto

2 comentários sobre “Tesouro Direto: o que é, minhas impressões e não precisa pagar para aprender.

  1. Obrigado Lélio, estava quase entrando em um destes cursos de R$ 500,00 por achar que as informações do site não seriam o bastante. Tem alguma matéria sobre essas “corretoras”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *