Endividados podem pedir antecipação da restituição do imposto de renda

Endividados podem pedir antecipação da restituição do imposto de renda

Restituição do imposto de renda.

Para quem tem dívida, há a possibilidade de conseguir junto a alguns bancos um empréstimo como antecipação da restituição do imposto de renda.

Você já deve tê-la apresentado regularmente e ter saldo a receber.

Menos mal.

Os juros praticados nessa modalidade de crédito são, no geral, menores que os juros do cheque especial e do crédito rotativo do cartão de crédito.

Verifique o caso concreto dos juros praticados na instituição financeira em que você mantém sua conta corrente.

A melhor opção é não ter empréstimos, mas trocá-los por outros com juros menores é uma estratégia inicial para atacar o problema.

Acompanhe o processamento da sua declaração.

Não faça o empréstimo e deixe para lá o assunto.

Tente quitá-lo antes.

E, por cautela, acompanhe, de tempos em tempos, o processamento da restituição do imposto de renda na Receita Federal.

Se ela ficar presa na malha fina ou demorar para ser restituída, pode ser que haja um prazo final onde o banco debite o total do empréstimo na sua conta corrente e você pode ser pego sem estar preparado para isso.

Então, fique de olho !

Entenda melhor o problema na reportagem abaixo :