Produtos financeiros criados com um único critério tomar o seu dinheiro educação financeira

Produtos financeiros criados com um único critério: tomar o seu dinheiro.

Tomar o seu dinheiro.

Você, que acompanha o Educação Financeira para Todos, tanto aqui como no Youtube e Soundcloud, já deve ter percebido, que seu dinheiro vive sobre ataque de “conflitos de interesses”.

Tanto os bancos como as corretoras, oferecem produtos financeiros que são muito melhores (na prática) para eles do que para nós, consumidores.

O gerente do banco trabalha para o seu empregador, que lhe impõe metas pesadas.

As corretoras ficam emitindo relatórios e recomendações.

Eles querem que você fique girando o patrimônio para alimentar o sistema financeiro com as pesadas taxas de corretagem.

Produtos financeiros duvidosos.

Usando dessa mesma estratégia, bancos e corretoras, de tempos em tempos, criam produtos financeiros “sofisticados”.

E os oferecerem para os consumidores como investimentos “fantásticos”.

No geral, aproveitando-se da baixa Educação Financeira no Brasil, eles empurram produtos financeiros com baixa rentabilidade para as pessoas e com a cobrança de pesadas taxas.

Aplicações sofisticadas.

Recentemente, vi corretoras oferecendo fundos, que replicam parte do Tesouro Direto.

Bem, gente, qual é o sentido de comprar esses fundos, quando você pode comprar direto do Tesouro Direto e ficar com  a maior parte do lucro ?

Outra oferece uma “aplicação sofisticada” onde você tem o capital protegido e só ganha se a bolsa subir; se a bolsa cair você não perde.

Só que, ao fazer as contas, você, na prática, consegue ganhar mais que isso numa boa renda fixa sem correr nenhum risco e não te explicam que se a bolsa explodir pra cima, você não fica com quase nada de ganho. 

O dinheiro não aceita desaforo.

Gente, termino por aqui.

Abram os olhos com esses produtos financeiros “sofisticados”.

Eles foram feitos apenas para tomar o nosso dinheiro e fazer o sistema financeiro mais rico.

Estude Educação Financeira, crie seu plano estratégico, vá o aperfeiçoando ao longo do tempo e pare de dar dinheiro para o sistema financeiro.

Gostou ? Então, aprofunde o assunto.

O André Bona também já alertou sobre isso no vídeo abaixo.

Compensa assistir também !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *