Servidores de Procons municipais fazem treinamento para utilizar o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor

Servidores de Procons municipais fazem treinamento para utilizar o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor

Servidores de Procons municipais fazem treinamento para utilizar o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor

O Procon-MG, órgão integrante do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), realizou, semana passada, o 52º Treinamento do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), que teve a participação de 27 servidores de Procons municipais e de uma servidora do próprio Procon-MG.

O treinamento foi seguido por servidores dos Procons dos seguintes municípios: João Pinheiro, Lavras, Pitangui, Janaúba, Cambuí, Salinas, Ribeirão das Neves, Itaúna, Itabira, Belo Horizonte, Cristais, Caratinga, Ubá, Nova Serrana, Conselheiro Lafaiete, Alfenas Monte Sião, São Sebastião do Paraíso, Guaranésia, Três Corações, Paracatu, Raul Soares, Nanuque, Carmo do Rio Claro, Divinópolis, Capelinha e São João del-Rei.

Durante o treinamento, os participantes conheceram conceitos básicos sobre o sistema e aprenderam a usar ferramentas, como registros e geração de cadastros, relatórios gerenciais de atendimentos e consultas, controle de processos, entre outros.

Foram docentes do treinamento a gestora estadual do Sindec e assessora técnica do Procon-MG, Aline de Melo Queiroz, e a coordenadora do Procon Municipal de Campo Belo, Gianni Carla Ferreira Maia e Campos.

Sistema

O Sindec é um sistema informatizado, criado e disponibilizado pelo Ministério da Justiça.

Ele integra processos e procedimentos relativos ao atendimento de consumidores nos Procons municipais.

Esse sistema permite registrar e gerenciar demandas individuais de consumidores.

Assim, são criadas bases locais de dados e um banco nacional de informações sobre os problemas enfrentados pelos consumidores e o comportamento dos fornecedores.

O Sindec faz parte da política estruturante para a integração do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor.

Ele se caracteriza como importante ferramenta à disposição dos Procons.

Em Minas Gerais, o Procon-MG é o responsável pelo gerenciamento do Sindec.

Importância
Por meio desse sistema, o Ministério da Justiça e o Procon-MG monitoram a situação dos Procons municipais.
Eles analisam os problemas que se evidenciam nos atendimentos ao consumidor, as práticas dos fornecedores e se essas práticas são variáveis de acordo com a região.
Com isso, é possível estabelecer políticas públicas de defesa do consumidor.

Além de facilitar e agilizar os trabalhos dos Procons municipais, o Sindec também cria uma uniformização das atividades e dos dados.

Assim, o órgão de defesa do consumidor deixa de atuar sozinho.

Ele passa a ter uma atuação mais abrangente, em conjunto com os sistemas nacional e estadual de defesa do consumidor.

Sindec
Em Minas Gerais, 91 Procons são integrados ao Sindec.

O Sindec também gera dados para manter a população informada sobre as demandas dos consumidores e, principalmente, quanto ao comportamento dos fornecedores.

Exemplos disso são os Informativos que são publicados na página do Facebook do Procon-MG com análise de segmentos econômicos e problemas enfrentados pelos consumidores.

Para acessar os dados nacionais do Sindec, clique aqui.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais
Procon-MG – Assessoria de Imprensa