Negativa verbal limita direito de consumidor questionar decisão de plano de saúde na Justiça.

Plano de saúde: negativa verbal limita direito de consumidor

Plano de saúde: negativa verbal limita direito de consumidor

Fiquem atentos com os planos e algumas espertezas.

Já procurou uma operadora de plano de saúde e ela lhe negou algum procedimento apenas verbalmente e não lhe quis entregar um documento comprovando isso ?

Pois é, isso prejudica o consumidor fazer valer os seus direitos.

Negativa verbal limita direito de consumidor questionar decisão da operadora na Justiça.

Se você fizer uma consulta a algum “plano de saúde” sobre qualquer direito à saúde de pessoa coberta por plano, exija, sempre, a resposta por escrito (prova documental).

Direito do consumidor: não é favor.

É um direito seu !

A “negativa verbal”, quando há pedido escrito do consumidor é uma tática para limitar o direito do consumidor, de questionar, posteriormente, a decisão do plano de saúde no Poder Judiciário.

Se você não tem “prova” de que seu pedido foi negado, já há, no mínimo um grande atraso, para o Poder Judiciário analisar, em sendo necessário, posteriormente, o seu pedido.

O assunto foi regulado em janeiro de 2016 pela Resolução 395 e é um direito do consumidor reconhecido pela própria ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar (também).

Fique atento e proteja os seus direitos!

Para acessar na íntegra o conteúdo da Resolução 395 da ANS, clique AQUI.

Se desrespeitarem o seu direito. O que fazer ?

Denuncie a operadora do plano de saúde no site da ANS.

E represente nos órgãos de defesa do consumidor de sua cidade.

Um comentário sobre “Plano de saúde: negativa verbal limita direito de consumidor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *