Não empreste seu nome para ninguém fazer compras

Não empreste seu nome para ninguém fazer compras

Não empreste seu nome para ninguém fazer compras.

Algumas pessoas gastam mais do que ganham e vão se afundando em dívidas. Nesse grupo, uma parcela menor acaba ainda ficando sem crédito na praça, mas não para de gastar. Eles começam a adotar “soluções criativas” e, dentre elas, pegam o crédito de terceiros, que “emprestam o nome”, fazem novas dívidas e acabam não pagando o débito deixando o amigo na mão.

Nem precisamos lembrar que dívidas surgidas do nada têm uma capacidade enorme de desequilibrar o orçamento da maiorias das pessoas, que já trabalham no limite.

Faça um favor para você e sua família. Nunca empreste seu nome para ninguém comprar nada. Se for parente, o potencial disso gerar um problema na família é maior ainda. Avalie se pode ajudar com uma quantia pequena e opte por oferecer uma pequena doação no lugar de “emprestar nome”. Melhor perder pouco numa doação do que assumir o risco de um grande prejuízo por conta da atitude de terceiro.

Fique atento, pois a prática de “emprestar nome” arrasta muita gente Brasil afora para o buraco financeiro. Depois, o “amigo” não paga e o prejuízo é só seu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *