Entrevista legal - Compensar investir em imóveis ?

Entrevista legal – Compensar investir em imóveis ?

Compensar investir em imóveis ?

O entrevistado de hoje é Vinícius de Almeida Xavier. Ele é corretor de imóveis, bacharel em direito pela UVV, técnico em Transações Imobiliárias, perito Avaliador pelo Instituto Britto e vice presidente da Associação de Construtores e Corretores do Leste de Minas Gerais, com cadeira na União Nacional dos Pequenos Construtores.

EFPT –  Investir em imóveis no Brasil hoje é um bom negócio?

Sim, claro que investir no Brasil no período de 2006 a 2013 foi algo extremamente lucrativo, devido à janela demográfica, ao crescimento dos BRICS e à política de crédito injetando dinheiro no mercado interno. Assim, esses fatores tornaram o mercado imobiliário Brasileiro o mais atraente e lucrativo do mundo.

Hoje, não estamos com essa moral toda, o mercado imobiliário congelou os preços tendo uma queda de 15% do setor de venda de imóveis e 10% do setor de locação. Porem, é justamente na crise, que o mercado imobiliário fica mais atraente e rentável para o investidor. Na crise do mercado imobiliário de 2008 e 2009 (subprime) nos Estados Unidos, uma gama de Brasileiros compraram imóveis nos Estados Unidos, principalmente, em Miami, no período de 2009 a 2012, tiveram uma ótima lucratividade. O mesmo está acontecendo agora, debaixo dos nossos olhos, aqui no Brasil.

EFPT – E com a crise …

Com a crise a a flexibilização no preço e a aceitação de propostas em favor do comprador é muito maior, a famosa “pechincha” ganha força, o comprador passa ter maior poder de barganha na negociação.

Quem comprar agora terá um ótimo retorno. Erramos nas políticas econômicas, nossos governantes gastaram mais do que deveriam e houve muita corrupção no período de crescimento. Mas não podemos ser pessimistas a ponto de não enxergar que a corrupção no Brasil diminuirá e não podemos esquecer que ainda somos um país importante para o resto do mundo; somos a 9º economia mundial e o 5º país mais populoso do mundo. É fato que voltaremos a crescer.

EFPT – Alguns sites de investimentos têm defendido que o investimento em imóveis traz menor retorno que um bom CDB, por exemplo. O que você acha dessa alegação?

O CDB é um bom investimento, mas também tem seus riscos, tanto que existe um Fundo Garantidor de Crédito, para minimizar os prejuízos. Mesmo assim, é interessante, pois o banco sabe como trabalhar o seu dinheiro, mas o mercado financeiro e de ações exige muito cuidado e estudo. Bancos Chineses investiram mais de 1 bilhão de dólares em CDB’s na Petrobras, o que parecia ser um “senhor” investimento, foi um péssimo negocio. Se tivessem comprado 1 bilhão de dólares em imóveis no Brasil teriam tido apenas lucro, jamais prejuízo.

Na verdade, tanto o investimento em CDB’s, quanto o investimento em imóveis, necessita de um profissional muito dedicado e atento para lhe dar boas dicas de investimento. O que não aprecio nesses sites é que a maioria das críticas são feitas por quem não conhece o mercado imobiliário e por pessoas que vendem CDB’s. Devemos ser justos, o CDB é um bom investimento, mas o mercado imobiliário é sempre um excelente negócio!

EFPT – Compensa investir em um imóvel para alugar ou apenas para revender no futuro?

Sim, apesar do imóvel comercial e residencial esta passando por dificuldades na locação e queda no valor do aluguel, isso não significa que é inviável investir nesses imóveis. Pois estamos vivendo um período de crise financeira, política e até moral. Mas, evidente, que essa crise passará e a dinâmica regionalizada do mercado imobiliário é favorável ao proprietário.

Lembro-me de um cliente que tinha cinco lojas de 35m², três estavam alugadas por R$ 2 mil e duas sem alugar por mais de três meses. Essas lojas ficavam em frente a um posto de gasolina, que tinha uma área enorme desperdiçada. O Banco Santander, uma loteria da CAIXA e o Delivery Habib’s resolveram alugar esta área desperdiçada em frente às cinco lojas. Resultado: O proprietário conseguiu R$ 3 mil nas duas lojas vazias e o valor da loja dele para venda triplicou.

Dessa forma, fica claro o dinamismo do mercado imobiliário, o futuro a Deus pertence, mas no mercado imobiliário a lucratividade é quase certa, porque dificilmente uma cidade piora com os anos. Ao contrário, surgem escolas, bancos e outros comércios ao redor, o que torna o imóvel mais valioso.

EFPT – Que tipo de imóvel a pessoa deve procurar para ter uma renda mais adequada ao longo de anos?

Depende do perfil do investidor, tenho preferência por lote e imóveis comerciais, mas escutar um corretor bem instruído é sempre um sinal de boa rentabilidade, em alguns casos, esses imóveis podem gerar uma lucratividade tão boa, que garante a aposentadoria perfeita para muitos compradores.

Os corretores sofrem muito tentando mostrar aos clientes que comprar um imóvel no bairro que a pessoa escolheu para morar nem sempre é sinal de bom investimento. Muitas vezes, existem bairros vizinhos, ou até mais afastados nos quais o cliente não moraria, mas a compra do um imóvel por um menor preço naquele bairro gerará um excelente investimento e um bom retorno futuro.

EFPT – Comprar lotes é bom investimento?

Sim, é um ótimo investimento, mas temos que ter cuidado e consultar um bom profissional da área. Já vi cliente comprar cinco lotes de R$ 15 mil em lugares periféricos e menos de três anos depois revender por R$ 50 mil cada, ou seja, R$ 75 mil reais que viraram R$ 250 mil reais em menos de três anos! Na cidade onde atuo, em Governador Valadares/MG, tem pessoas comprando lote sem consultar um bom profissional do ramo.

Surgiu um loteamento aqui próximo de três bairros nobres que já possui toda a infra estrutura necessária para se morar bem. No entanto, o novo loteamento ao lado desses três bairros nobres, esta vendendo os lotes no mesmo preço dos bairros mais antigos (nobres), isso é um péssimo negócio, loteamentos novos devem custar no mínimo 20% a 30% menos que os bairros vizinhos.

Comprar lote em loteamentos novos pelo mesmo preço que dos bairros mais antigo (com infra-estrutura completa) é dar a valorização do lote para o loteador, ou seja, se você compra um lote naquela área para morar, pois seu sonho é viver naquele lugar, tudo bem. Mas se você comprar para investir é inviável, visto que o valor de venda dele já “comeu a sua gordura” de valorização, quando surgir residências, bancos, hospitais e outros comércios o preço do lote não evolui.

EFPT – Qual é a importância de ter uma assessoria de um bom corretor para investir em imóveis ? Faz a diferença?

Você só contrata um prestador de serviço, quando não tem conhecimento ou não saber fazer aquela atividade, exemplo: médico, mecânico, corretor, advogado e outros. Tem uma frase que gosto muito: “se você acha caro um profissional, é por que você não tem idéia de quanto custa um incompetente”. Essa frase a primeira vista é dura e cruel, mais depois que você se qualifica e torna-se um corretor de imóveis, você passa entender que cruel é o prejuízo que várias pessoas sofrem por comprar imóvel sem um corretor.

EFPT –  Continuando…

Conheço inúmeros clientes que NÃO UTILIZARAM O CORRETOR DE IMÓVEIS e fizeram a bobagem de comprar imóveis que nunca poderão registrar, imóvel que pertence ao município, com contrato apenas de gaveta e surgir um inventario, lote declínio pelo mesmo valor que um lote plano, lote com camada fina de terra e pedra que dificultará obra futura e vários outros negócios em que uma das partes tiveram um enorme prejuízo.

O corretor tem obrigação de alertar o cliente onde de fato vale a pena comprar ou investir. Ele vive e respira mercado imobiliário. Por isso, ao comprar um imóvel exija que o corretor mostre a carteira profissional com o registro do CRECI, ou consulte no site www.crecimg.gov.br.

EFPT – Obrigado !

5 comentários sobre “Entrevista legal – Compensar investir em imóveis ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *