Banco não é escola, é uma empresa financeira que busca maximizar seus lucros, e não é sua obrigação ensinar o consumidor a ter mais educação financeira

Banco não é escola, é uma empresa financeira que busca maximizar seus lucros, e não é sua obrigação ensinar o consumidor a ter mais educação financeira

Banco não é escola

Muita gente reclama que recebeu uma má orientação do gerente do banco e que poderia ter obtido uma melhor rentabilidade se tivesse aplicado em outro produto ou até outra instituição financeira.

Bem, gente, de quem é a obrigação de cuidar de seu dinheiro ?

O meu gerente

Não existe essa história do “gerente da sua conta”.

Essa pessoa não trabalha no banco.

Essa pessoa é você!

O gerente defende os interesses do empregador dele.

Banco não é escola; lá eles buscam apenas aumentar os seus lucros (é a missão deles).

Se você perde dinheiro aplicando na caderneta de poupança ou em um fundo de renda fixa do banco, a única pessoa responsável por isso é você mesmo.

Faça sua parte

Estude educação financeira e busque gradualmente melhorar sua capacitação para conseguir melhores rentabilidades.

Não fique “chorando leite derramado” de que o gerente do banco não lhe ofereceu a melhor rentabilidade.

Ouça as propostas do banco e dê um sincero não, quando você tiver estudado o assunto e conseguir operar investimentos melhores para você (inclusive em outros bancos).

É assim que tem que ser !