Aposentadoria: o melhor negócio e procurar não depender de governo nenhum

     O governo federal prepara a remessa ao congresso nacional de um pacote com mudanças drásticas na aposentadoria de funcionários públicos ou não. Será aprovado o que querem ? Espero que não.

     Ficaram de fora os políticos, que se aposentam hoje, em algumas situações, com apenas oito anos de trabalho. Os militares, por enquanto, não serão atingidos, mas, em um segundo momento, provavelmente o serão também.

      O que irá acontecer com as aposentadorias das pessoas ? Ninguém sabe. Não foi a primeira vez, que um “pancadão” desse afetará os brasileiros e, com boas  chances, não será o último.

        O clima é de insegurança nacional, mas resta aos brasileiros, em geral, uma saída concreta: buscar depender cada vez menos de quaisquer governos para a sua aposentadoria.

    O que se comprova, mais uma vez, é o descompromisso por parte dos governantes com as reais necessidades da  população. Se o combate a corrupção e a ineficiência do uso do dinheiro público fossem verdadeiros objetivos de nossos líderes políticos, talvez, tais mudanças na aposentadoria não tivessem que ser tão drásticas e dolorosas para a população.

              Mas não é hora de chorar na beirada do meio-fio da vida.

       Mudanças de hábitos financeiros se fazem necessárias a partir deste momento. Quanto mais tempo você tiver para agir, mais chances você deterá para efetivá-las e ter um futuro melhor.

           Procure depender cada vez menos de governos (quaisquer que sejam) para construir o seu futuro e de sua família. Valorize cada vez mais o dinheiro em suas mãos e coloque a necessidade de viver abaixo de suas rendas como um objetivo sincero para se garantir um futuro mais digno para você.

             Seja frugal, corte imediatamente despesas supérfluas (que podem ser investidas no banco), adote novos padrões sustentáveis de comportamento como o combate diuturno ao desperdício, valorize mais as experiências e menos a compra de bens, cuide melhor dos bens que possuir, para que eles possam ter uma maior sobrevida, utilize serviços de compartilhamentos (ex: Uber, Airbnb etc), entre outras iniciativas.

            Repense se necessita trocar de carro tantas vezes ao longo de anos, verifique sua conta bancária diariamente para evitar fraudes e o extrato do cartão de crédito de 10 em 10 dias (não espere a fatura chegar para se preocupar com isso), troque o imóvel alugado por um menor e mais próximo de pontos de ônibus, venda o que não utilizar mais (e doe o que puder, para quem necessita) etc.

                Pouco dinheiro desperdiçado ao longo de décadas, aplicados em uma instituições financeiras com juros adequados (ex: Tesouro Direto), têm o poder de se transformar em imensas quantidades de dinheiro por força dos “juros compostos”.  Use isso sempre a seu favor.

             Dá trabalho, desgasta, demora, tem de haver persistência, mas depender de você mesmo é muito mais confiável, do que depositar esperanças em representantes políticos, que vem demonstrando até o presente momento, que se preocupam muito mais com o seu presente político, do que com o futuro de toda uma nação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *